Adaptações anatômicas e ultraestruturais em folhas de ervas marinhas do Atlântico Sul | CCMAR
  • Perda de habitat e possível extinção de ervas marinhas no Mediterrâneo
    Investigadores do CCMAR publicam artigo inovador onde reportam a distribuição atual e previsões futuras de duas espécies que formam pradarias marinhas, mostrando onde estas poderão sofrer perdas significativas.
  • Oceanos mais ácidos provocam perda de olfacto nos peixes
    Uma equipa de investigadores, que integra membros do CCMAR, acaba de publicar um estudo onde se conclui que os peixes estão a perder capacidade olfactiva devido à acidificação dos oceanos.
  • ATT: Ecopath with Ecosim Courses
    Don't miss this opportunity and register now!
  • CCMAR é o único parceiro português em dois projetos europeus de Aquacultura
    O Centro de Ciências do Mar (CCMAR) é parceiro em dois grandes projetos, financiados pela União Europeia, através de fundos H2020, o PerformFISH e o MedAID. Ambos os projetos serão desenvolvidos por equipas do CCMAR, durante os próximos anos.
 

Adaptações anatômicas e ultraestruturais em folhas de ervas marinhas do Atlântico Sul

Quarta, 9 Maio, 2018
at 
Anf. C (CP) - Universidade do Algarve (Campus de Gambelas)
 

CCMAR SEMINARS

09 de maio, 13h30 | Anf. C (CP)

Adaptações anatômicas e ultraestruturais em folhas de ervas marinhas do Atlântico Sul

Ana Claudia Rodrigues           

(Universidade Federal de Santa Catarina)

 

As ervas marinhas, por integrarem o habitat costeiro mundial, são consideradas altamente importantes sob o ponto de vista ecológico pois fornecem alimentos, substrato e abrigo para muitos organismos aquáticos, são conhecidas como as espécie de carbono azul e ainda protegem o litoral. No Brasil ocorrem apenas três espécies Halophila decipiens, Halodule wrightii, e Ruppia maritima as quais foram analisadas sob o ponto de vista morfoanatômico, histoquímico e ultraestrutural a fim de discutir adaptações estruturais aos ambientes marinhos ao longo da costa do Atlântico Sul.

 

Short CV

Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (1995), Mestre em Ciências Biológicas (Botânica) pela Universidade de São Paulo (1999) e Doutora em Ciências Biológicas (Botânica) pela Universidade de São Paulo (2004). Atualmente é professora Associada II da Universidade Federal de Santa Catarina e orientadora no Programa de pós graduação em Biologia de Fungos, Algas e Plantas (PGFAP – UFSC – Brasil). Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Anatomia Vegetal de plantas vasculares atuando principalmente nos seguintes temas: Ervas marinhas, Anatomia Ecológica, Cyperaceae, Orchidaceae, Desenvolvimento Anatômico e Microscopia Eletrônica.
 

Poster

                                                                      

Activity type 
Seminário